O metrô de Nova Iorque

Tem uma coisas no metrô que me pareceram esquisitas. Por exemplo: em quase todas as estações as plataformams são muito estreitas. Fico morrendo de medo de cair. Imagine aquilo lá em plena hora do rush. Outra coisa é que algumas estações são sujas e mal cuidadas. Ficamos imaginando que um bom escovão nelas e já daria outra aparencia.

Mas nada me chamou mais a atenção do que a mania que as mulheres têm de se maquiar dentro dos trens. Vimos até agora pelo menos umas 5 ou 6. De repente elas pegam a base, o rimel, o curvex (lembram de curvex??? curvex é ótimo!) e haja a arrumarem a cara, na maior, com seus espelhinhos minúsculos.

Por duas vezes vimos tambem entrar um grupo de 5 homens negros cantando naquele estilo das bandas dos anos 50. Aquele estilo que tem um com a voz grossona e o conjunto fica fazendo bum-bi-dum-bi-dum, sabe como? Um barato! Eles passam cantando e recolhendo moedinhas do público.

Mas, no geral tá todo mundo com seus MP3 plugado nos ouvidos, cochilando. Eu fico com a maior vontade de sair perguntando o que eles estão ouvindo. Bom, às vezes nem precisa porque o bicho tá tão alto que eu fico escutando tambem.

metro
Uma estação do metrô, em foto de Ylton

Uma consideração sobre “O metrô de Nova Iorque”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s