Mexico: a viagem

Definitivamente não tenho mais idade para 26 horas de viagem. Não é só que eu fique morta de cansaço, mas é que, a partir de um determinado momento eu começo a conversar besteira, rir sem motivo, como se tivesse puxado um fuminho.

A Copa é uma companhia decente. Os aviões são os 737 que a gente tá acostumada, a comida é até comível, os comissários (só tinha homem, não sei porque) são educados e gentis, as cadeiras tem o mesmo espaço da Tam. Mas eles TEM que parar no Panama, dai que a viagem fica looooonga demais. E convenhamos que para uma senhora de cabelos vermelhos, viagem longa de mais nunca dá certo.

O pior vai ser a volta. Vamos passar 10 horas em Panama City! Vou conversar com Taninha pra vê se ela arranja algo melhor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s