Em Cordisburgo: Gruta do Maquiné.

Uma das coisas interessantes de fazer em Cordisburgo é ir visitar a gruta do Maquiné. Fica a poucos 5 quilometros do centro da cidade, mas se quiser ir a pé saiba que é subindo uma serra.

A infraestrutura turística está meio decadente, mas as pessoas que cuidam da gruta, os guias, os funcionários todos são muito dedicados. O nosso guia era um apaixonado pela gruta. Segundo ele tinha crescido dentro dela e às vezes, fora da temporada quando não tem ninguem para guiar, ele entra e fica “ouvindo o silencio”.

São formações geológicas lindíssimas, de 70 milhões de anos e que comprovam que um dia Minas já teve mar. Eu tenho um certo sentimento de mal estar quando penso em cavernas e por isso estava resistindo a ir a Maquiné, mas a gruta está sendo visitada desde o século 19 tem salões amplos e bem iluminados e com a presença dos guias não dá medo nenhum. Apesar do frio que fazia fora, dentro da gruta faz calor e dá um pouco de cansaço, mas acho que é mais pelo ar rarefeito. Mas, de todas as maneiras vale a pena. E com o Sr. Roberto como guia é melhor ainda.

Fiz um filminho, mas preciso editar. Essa foto ai ficou meio esquisita.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s