Caminhando por Diamantina

É uma daquelas cidades que só tem sentido conhecer se se colocar um bom par de tênis e se caminha, subindo e descendo as ladeiras. E ai voce nem sabe prá que lado olhar! É tudo muito bonito! As casas são lindas, as montanhas são lindas, o povo é lindamente simpático.

A arquitetura é como a de outras cidades históricas brasileiras. A gente se sente passeando por Paraty, Ouro Preto, Olinda. Com uma qualidade que não sei se as outras tem (faz tempo que não ando por elas): tudo muito bem conservado. As casas parecem até que renovaram suas pinturas ontem. E a combinação de cores é in-crí-vel! Cores que voce jamais imaginaria que dariam certo, deram. Fiz um serie de fotos de portas e janelas. Aqui uns exemplos, lindos.

Eles tomaram o cuidado tambem de indicar os melhores caminhos para a caminhada. Nas esquinas das ruas há placas indicando o que tem prá ver em cada rua e qual o melhor percurso. E ai, é sair andando, com disposição para encarar o calçamento irregular de pedras, as subidas e descidas, o sol forte. E se deslumbrando.

Por incrível que pareça o lugar mais detonado que encontrei foi a Prefeitura. Um predio enorme, bonito, mas super mal conservado. Fiquei até me perguntando se funciona mesmo lá, porque como está não é possível. Bom, os funcionários da Pousada comentaram que “o prefeito? quando um rato passou com meio queijo, ele já tinha passado com 10”. Esse é o modo mineiro de falar. A gente tem que parar e pensar exatamente o que ele quis dizer.

a Prefeitura

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s