Notre Dame de Paris

A Catedral, como todos sabem, é um exemplo bem acabado da arquitetura gótica. Começou a ser construida nos anos 1100 e levou mas de 60 para concluir. É bonita.
Gosto mais dessa coisa despojada do que daquele “over” das igrejas portuguesas e espanholas. Até porque nelas fico pensando que aquilo tudo foi construido às nossas custas, às custas de roubarem nosso ouro.

E, apesar da grande quantidade de gente entrando e saindo, não vi algazarra, gente falando alto ou camelôs na praça em frente. As pessoas entravam tranquilamente, olhavam, respeitavam fotografar sem flash.

 

 

 

 

 

 

 

Olha esse órgão!

 

 

 

 

 

 

 

Do lado de fora, na praça,fica o marco Zero de Paris, a partir de onde se tomam as medidas de distância para outras cidades. É algo pequeno, discreto e se voce não buscar, nem sabe que está pisando nele.

 

 

 

 

 

 

 

E vi uma coisa que fazia muito tempo que não via: padre de batina

Uma consideração sobre “Notre Dame de Paris”

  1. Vera,
    Vc deu sorte! Qnd fui tinha muitas ciganas à porta; gente entrando, saindo e tascando flash, um zunzunzum. Não conhecia o marco zero. Vc conhece as ruínas de Lutécia no subsolo do pátio em frente à Notre Dame? Parece que próx à Mouffetard há as arenas de Lutécia, e, na mesma rua, o melhor confit de canard do mundoooo, no Mouff’tôt Mouff’tard, quase em frente a vários grafites bem legais. Bjs.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s