Gloria feita de sangue

Tudo bem que o Arco do Triunfo é uma imponente construção erguida no meio de uma estrela de ruas, no topo de uma colina, alinhada exatamente com o Louvre, mas dá uma raiva danada ver ao lado da placa que homenageia a resistencia francesa na Segunda Guerra, outras que homenageiam os “herois” que invadiram o Cambodja, a Coreia do Norte, a Argelia. De um lado, homenagem aos que lutaram contra os que invadiram seu país; do outro, homenagem aos que invadiram o país alheio? Como é isso?

Não dá prá achar aquilo interessante.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s