Chichén Itzá

Chichén Itzá é um imenso sitio arqueológico maya, resquicios de uma cidade importante politica e economicamente. Fica a 130km de Mérida e fomos em tour de um dia. Pode-se ir de carro tambem, porque a rodovia é ótima, bem conservada e sinalizada. Problema: não vi nenhum povoado, nenhum posto de gasolina, nenhuma lanchonete nos 130km. Somente arvores ressecadas e mais nada. O trânsito também é bem pequeno, pelo menos no dia que fomos. Assim, quem vai de carro deve ir prevenido para não ter nenhum contratempo no meio do caminho.

Apesar do pouco trânsito na estrada, quando chegamos lá tinha uma multidão de gente, alguns infames até levavam seus bebês de colo, num calor de 38 graus à sombra. Mas a entrada é organizada. É necessário se pagar 2 tickets, um estadual e outro municipal. E entrega-los a pessoas diferentes também. Ficamos imaginando que deve ter tido uma disputa grande entre as duas instâncias e ai resolveram separar o pagamento.

A cidade é imensa, como disse, várias pirâmides e construções, a maioria restaurada com as pedras originais. O interessante é que, apesar de não fazer muito tempo da destruição do império Maya e de ainda existirem muitos descentes diretos deles, a maior parte das construções não se tem certeza de qual teria sido realmente sua utilidade.

Uma das construções impressionantes é o chamado Observatório, construido de modo a indicar, através da luz do sol, o início das estações do ano. Outro muito bonito é o chamado Convento, apesar de não se saber exatamente sua utilização.

O Observatório
O Observatório
DSC00631
Las Monjas
DSC00632
Palacio de Kukulcan, a pirâmide principal

A pirâmide principal é magnífica! Nos dias de solstício um fenômeno provocado pela incidência do sol faz com que se perceba, nas laterais das escadarias, a imagem de uma serpente subindo ou descendo, dependendo de ser solstício de inverno ou verão. Segundo o guia junta-se multidões para observar isso. Se nos postamos diante de uma das escadarias e batermos palmas, o som do eco é o som como de um pássaro piando. Testamos e funcionou.

Mas, o constrangedor disso tudo é o intenso comércio de bugingangas ao longo de todo o caminho. Muito desagradável porque eles insistem, ficam chamando, oferecendo. Gosto disso não.

Uma consideração sobre “Chichén Itzá”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s