Batendo perna em Chinatown

O que gostamos mesmo em viagem é isso de passear devagar e podemos passar quase um dia inteiro só batendo perna pela cidade, sem rumo certo. Fizemos isso em Chinatown e foi muito divertido. Eu já conhecia duas outras “Chinatowns”, a de Nova York e a Liberdade, em São Paulo. Fátima, quilometros mais viajada do que eu, já conhece a própria China e seus mistérios. Bom, o fato é que achamos a daqui muito diferente das outras, ou pelo menos estava diferente no dia que passeamos por lá: ruas calmas, sem muita gente, sem chinês nos oferecendo coisas ou nos constrangendo a visitar suas lojas.

As lojas de quinquilharias estão lá, mas tem muita loja de jóia e umas lojas de objetos decorativos, como esse móvel com uma incrustação na parte superior em marfim esculpido formando casas, reis, elefantes, e mais um monte de coisa que não identificamos. Pense numa coisa “over”!

Essa luminária também achei D+

Em várias calçada de lojas encontramos esculturas como essa, que achei muito fofinha

Mas, de todos os objetos nas vitrines, a que mais me surpreendeu mesmo foi encontrar o que eu imaginava ser um símbolo mais que ultrapassado

Almoçamos por lá, em um restaurante pequenininho de uma rua lateral. Senti uma enorme dificuldade em fazer o pedido porque além de não conhecer comida chinesa, o cardápio estava escrito em chinês (naturalmente) e em inglês (tambem naturalmente). Dai que pedimos errado e não comemos bem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s