Comendo na Andalucía

Já tive meu tempo de viajar e comer sandubas e buscar os lugares baratinhos. Mas também nunca cheguei ao ponto de só comer em lugares que estejam no guia Michelin ou coisa parecida. De uma maneira geral, no meio da batida de perna pela cidade, olhamos pra um lugar e decidimos comer lá. Tem que ser um lugar simpático, de preferência pequeno e que nunca, mas nunca mesmo, tenha o cardápio com fotos enormes dos pratos na porta. Nesses, nem olho. Detesto isso, porque, obviamente, é um engodo. Também, tal qual minha nora, não gosto quando tem o termo “gourmet” no nome. Me parece boçal. (Na verdade esse tipo de coisa acontece mais no Brasil e parece ser modinha gastronômica). Ah, e se tiver cadeiras de metal ou televisão ligada, nem pensar!!!

Alem de lugares pra comer encontrados de modo causal, algumas vezes consulto o aplicativo Yelp ou o Trip Advisor, que dá dicas de lugares perto de onde a gente está. Mas é preciso cuidado porque as indicações são ranqueadas de acordo com a opinião dos visitantes, e você não pode ter certeza que eles gostam das coisas como você gosta. Enfim, prefiro a intuição. Às vezes nos damos muito mal, mas temos tido surpresas agradáveis.

Claro que quando se viaja, faz parte conhecer a gastronomia local. Você não vai querer comer feijoada em Zagreb, né não? E ai começa o problema de olhar pro cardápio e saber o que é o que.  No primeiro dia que chegamos a Córdoba entramos no El Caballo Rojo mortas de fome. A senhorita nos apresentou o cardápio e foi explicando o que eram as coisas. Estávamos cansadas, havíamos acabado de chegar de viagem e pedimos sugestões.Ela nos sugeriu salmorejo andaluz, “que estava muy rico” e carrillada de ternera. Minutos depois ela nos trás uma sopa fria cor de cenoura e algo que parecia uma carne guisada cercada por batatas fritas (universal, arre!). Ficamos olhando e nos pareceu que aquilo era como um paté mole, pra se comer passando no pão. Assim, fizemos. Detestamos o tal salmorejo. Depois viemos a saber que ele é primo do gazpacho, é feito com tomate, azeite e miolo de pão e é que pra se comer com colher e não passando no pão! Por outro lado a carninha guisada estava divina.

E os preços? Bom, em quase todos os lugares que comemos, o cardápio vem com a opção de meia ração ou ração. A meia ração são as tapas, que se pede mais de uma e geralmente se compartilha. A ração é o prato maior. Sempre pedimos meia ração e compartilhamos, com idéia de conhecer o máximo possível. Pois, se fizer assim, não sai caro. Geralmente pedíamos uma “ensalada” e duas meia porções, mais duas taças de vinho da casa e “algo de postre” (sobremesa), e pagávamos cerca de 20, 20 e poucos euros. Para se ter uma idéia, taí abaixo um cardápio como exemplo

20151230_113518

Para mim a melhor comida espanhola é o rabo de toro, que, na verdade, começou a ser feito em Córdoba. Não tem nada igual e tem muito pouco a ver com a nossa rabada. Primeiro que a carne é quase que completamente sem gordura, depois que a maneira como fazem inclui temperos que não incluímos aqui, como gengibre, por exemplo. E a carne é cozida no vinho!

Receta-de-rabo-de-toro-un-guiso-tradicional-2-1048x700

Comi rabo de toro em vários lugares, mas se tivesse que escolher o “the best”, diria que é o do “El Rincón de Carmem”, que alem de fazer uma comida deliciosa, é um lugar muito simpático.

Uma outra coisa interessante que conhecemos lá foi um prato feito com berinjelas em fatias finas, empanadas, fritas e com melado de cana de açúcar por cima. Fica muito gostoso pra acompanhar carne, por incrível que pareça.

20151226_135432

Uma sobremesa tradicional é “la leche frita” (leite é feminino, em espanhol). Não comemos, mas vimos a receita.

20151230_131910

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s