NY: fim do curso de inglês

 

IMG_0307

Terminei meu curso de inglês. Com direito a diploma e tudo! Foram 4 semanas intensivas, bastante pesadas, com aulas diárias das 9h:00 às 13h00 e trabalhos de casa pra fazer. Agora posso fazer uma avaliação mais qualificada do curso, mas quero deixar claro que essa é a MINHA impressão do curso feito em Nova York, nesse período. Porque as coisas podem ter sido (ou virem a ser) diferentes para outras pessoas.

A Escola foi a LSI – Language Study International e já contei pra vocês da minha decepção de pensar estar matriculada em um curso para pessoas de mais de 40 anos, e isso não ser verdade, apesar da leitura do site dar essa impressão. Mas a LSI é uma escola bastante organizada, com um pessoal simpaticíssimo, professores (pelo menos as duas que conheci) competentes e interessados no aprendizado dos alunos. As turmas tem no máximo 15 alunos e toda terça-feira ela é renovada, seja pela entrada de alunos novos, seja pela progressão de alunos que estavam em outras turmas. Então, nunca se termina com a turma que se começou.

A escola é credenciada pelo órgão educacional do governo, que exige certos padrões de qualidade e de cuidados com coisas como frequência dos alunos e aplicação de avaliações periódicas. Em uma das minhas semanas estava por lá uma equipe de 3 pessoas, avaliadores do Governo Federal, que, entre outras coisas, assistiram algumas aulas e discretamente nos entrevistaram. A quase totalidade dos alunos tem visto de estudante e pra eles a cobrança ainda é mais rigorosa.

Mas, como professora, não pude deixar de ter um olhar crítico à metodologia de ensino, ao material didático, ao estilo de ensino das professoras. E ai observei uma metodologia muito antiquada. Aulas tipo “cuspe e giz”. Sem um laboratório, quando tínhamos partes de listening na aula, era usado um aparelhozinho de som portátil, daqueles gordinhos, que eles chamam aqui bombox, com um CD. CD!!!! No tempo do pendrive, alguém ainda usa CD? A tecnologia passou longe dali, mesmo as mais antigas. Em cada sala há um aparelho de TV e um computador desktop ligado a ela, mas que não estão com seu uso automatizado pelas professoras, que sempre pediam ajuda aos alunos para fazer funcionar. Mesmo assim, essa TV só foi ligada para nos mostrar imagens de algumas palavras ou eventos que não conhecíamos. Ou seja, não era usado como parte da metodologia ou técnica de ensino. Ah, há um ambiente virtual de aprendizagem. Na verdade um velho e conhecido Moodle. Nas vezes que entrei, a página da nossa turma não estava atualizada. Além do que não fomos estimulados a usa-lo. Acho que as professoras também não sabiam como a coisa funciona.

O livro didático é interessante, bastante parecido com o que usei no meu tempo de Yazigi. O problema é que as professoras o seguem fielmente. Quer dizer, não sei se é realmente um problema, mas se eu fosse a professora (hehehehehe), traria informação adicional ao livro, com outros textos, com exemplos de videos, com músicas. Fiquei com a impressão que há um roteiro a seguir e não se pode muito fugir dele, mesmo que isso fizesse as aulas ficarem mais interessantes.

Não sei se essa forma de funcionar é a que tem que ser, não sei se o fato de ter uma turma 90% de gente jovem exige uma metodologia mais formal, não sei se é assim em todas as LSI, mas para mim esse é um ponto bastante negativo. A pessoa estar nos Estados Unidos, e não usar as novas tecnologias de ensino, acho lamentável. E coloquei isso na avaliação final que eles me pediram.

Mesmo assim, digo que terminei o curso com saudade. Pelo acolhimento do pessoal, pelos frágeis vínculos que a gente cria com os colegas. Como eu era, obviamente, a mais velha da turma, aposentada, sem nenhuma ânsia de ser a melhor, eles me achavam interessante ou, talvez, curiosa. Uma senhora de mais de 60 anos, mas com os cabelos vermelhos, as roupas na moda e falando de cultura pop, era realmente para ser alvo de curiosidade.

E foi assim. Melhorei meu inglês? Digo que me sinto mais confiante e já consigo entender melhor o que me falam. E que o ano que entra venho de novo!

Agora tenho mais 1 mês para turistar pela cidade. Mil planos. Conto depois pra vocês.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s