O sonho das Highlanders começa em Edimburgo

De novo com o pé na estrada para realizar dois antigos sonhos: conhecer as terras altas da Escócia e ver uma aurora boreal. Começamos por Edimburgo e me preparo emocionalmente para caçar aurora boreal na Islândia. Porque a verdade é que não temos nenhuma garantia que vamos vê-la. Aguardemos.

Edimburgo (Edinburgh, no original) é uma cidade linda, com um clima doido que alterna em poucos minutos sol e chuva, mas, sobretudo é cheia de história. A cidade é claramente dividida em uma parte medieval e outra dita moderna, construída no século XVI, o que deixa esse conceito de moderno meio estranho. Domina a paisagem da parte medieval o Castelo de Edimburgo, uma imensa construção no alto de uma colina, que era originalmente uma fortaleza militar construída para defender a cidade da invasão inglesa.

Outro lugar historicamente importante é justamente na praça onde está o nosso hotel: a grassmarket. Aqui era o antigo mercado da cidade, onde se negociava principalmente grãos e cereais. Mas era aqui também onde ocorriam as execuções, “espetáculo” que era assistido por multidões e que tem mil histórias. Desde o tempo em que era Mercado até os dias de hoje a praça abriga inúmeras wisquerias e pubs, que aqui, na verdade, são cervejarias no melhor estilo de lugar barulhento, com mesas altas e “pints” em copos idem. Delícia que não é barata. Um copão gira em torno dos 4 pounds. Mas é uma praça imperdível. Aqui está o mais antigo pub da Escócia, o The White Hart In. O Last Drop é outro antigão, que servia a última cerveja aos condenados a forca, dai o nome.

Edimburgo foi construída entre colinas, dai que a cidade é cheia de ladeira. Na parte mais antiga as ladeiras são sinuosas formando ruas muito lindinhas, com lojinhas pequenas e charmosíssimas. É quase impossível sair daqui sem comprar alguma coisa de cashemire. A oferta é imensa e as lojas são tão lindas, que da vontade de levar tudo.

A parte moderna foi planejado para ser residência da burguesia escocesa. As ruas são largas e retas e é onde hoje estão grandes lojas, como a H&M. Obviamente preferimos não sair daqui, dos nossos queridos becos escorregadios, com suas casas de pedras, com toda a vocação para ser moradia de fantasmas. Que los hay, los hay, não duvidem.

De uma maneira geral Edimburgo é uma cidade vibrante, com muita gente jovem e animada. E cheia de turistas!

Ainda vou contar sobre o Castelo e outro lugar muito legal chamado Carlton Hill. E também sobre o Castelo da rainha, o Hollyroodhouse.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s