Terceira parada: Bodø

O barco vai chegando em Bodø e já se nota que é uma cidade pequenininha. Pesqueira, naturalmente. Daí você vai lá e, mais uma vez, se assombra de encontrar uma sala de concertos e uma biblioteca, em prédios modernos e bonitos.

E a gente fica pensando que povo é esse que numa vila de pesca tem equipamentos assim. E a gente pensa no nosso país e a gente fica triste.

E Bodø é isso, uma cidade na margem do fiorde, marinas com mil barcos de todos os tipos e tamanhos, um pequeno comércio (mas com uma H&M, presente em todo canto) e várias bancos e hotéis legais. O que nos faz concluir que deve ser rolar muito dinheiro por aqui.

Outra coisa muito interessante aqui são os grafites. Encontramos varios e fomos informados que há uma espécie de Festival anual de street art.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s