Outono na Nova Inglaterra: Portland

Pegamos a estrada de manhã cedo porque o percurso de Newport a Portland, já no Maine, é de quase 3 horas e meia. Como sempre as estradas são ótimas, duplas, planas, sem buracos e bem sinalizadas, o que torna a viagem muito tranquila mesmo com tanto tempo de rota. Estávamos seguindo rumo ao norte/nordeste, regiões já mais frias. E começamos a encontrar árvores com folhas amarelando. Eu já excitadíssima, querendo parar o carro, fotografar, colher algumas folhas. Nem tinha ideia do que ainda me esperava.

Pra começar Portland é a cidade natal de Stephen King e para quem gosta de seus livros isso já é um atrativo. Apesar de ele não viver aqui, sempre fica a lembrança de que vários dos seus livros são ambientados no Maine. É também a cidade mais populosa do estado e conhecida pela sua arquitetura de casinhas de madeira, coloridas, dando um ar antigo ao centro da cidade. Por ser uma cidade litorânea, a culinária é basicamente de frutos do mar, com destaque para a lagosta. Normalmente não gosto desse crustáceo. Para mim tem gosto de areia e, na minha terra, prefiro mil vezes o camarão. Mas tinha que provar a daqui e gostei muito. A carne é mais firme, mais avermelhada e definitivamente não tem gosto de areia. E se você gosta de cerveja aqui também é o lugar, com várias cervejarias artesanais.

Aqui tivemos uma previa do que iriamos apreciar do outono logo em seguida. Algumas árvores já estavam avermelhadas, em meio a outras ainda verdinhas. E é bem interessante a gente imaginar por que será que umas avermelham mais rápido que outras.

Essa região a seguir é o Fort Allen Park, um parque muito bonito, na baia de Casco, que basicamente homenageia certos artefatos navais importantes historicamente, como o mastro do navio US Portland, que participou de varias batalhas na II Guerra Mundial. Eu, de minha parte, esqueço esses ufanismos americanos e me atenho a beleza do lugar.

O nosso destino a seguir foi New Hampshire, particularmente um estrada que nos levou até a região de White Mountain. E é ai que esta todo o deslumbramento. Que merece um post especial.